Conheça as 5 atividades essenciais para se tornar um cirurgião bem sucedido.

Assim que saem da residência os recém-formados ainda não possuem a experiência necessária para lidar com o mercado de trabalho, direcionando as suas habilidades para as oportunidades que mais abasteçam as suas necessidades.

Sem dúvidas, a medicina, assim como outras profissões, também depende intimamente de um grande investimento pessoal na absorção do conhecimento. Estudar e se especializar, é quase uma obrigação para o médico que almeja ser bem sucedido.

O segredo para o caminho do sucesso está na educação continuada.

Ao fazer uma pós-graduação ou qualquer outro curso que forneça uma especialização, o médico vai estar mais próximo de se tornar um expert na área da saúde.

Um especialista deve saber administrar seus interesses da melhor forma possível, objetivando sempre a eficiência do resultado.

Além de influenciar na dinâmica do mundo em geral, a tecnologia também tem modificado a medicina. Hoje em dia, é possível baixar um treinamento através do smartphone. Ou seja, estamos no momento onde a educação continuada encontra facilitadores para a sua adesão.

Para os médicos que desejam se tornar cirurgiões ou desejam desenvolver suas habilidades em cirurgias, a educação continuada é fundamental.

Existem três atividades que são essenciais para a evolução do cirurgião:

  • Destreza Manual:

O “Dry Lab” é a técnica que treina cirurgiões a partir de um simulador robótico ou laparoscópico e é fundamental para o treinamento das habilidades manuais que são fundamentais para efetivar uma cirurgia de sucesso.

  • Reconhecer a Anatomia:

Conhecer a anatomia do corpo é primordial. Um excelente cirurgião deve conhecer a anatomia do ser humano como a palma da sua mão. A utilização do Cadáver Fresco no CadaverLab é essencial para dissecar a anatomia, nervos e vasos, com uma precisão muito grande. O cadáver no formol não possui a mesma eficiência como ferramenta de aprendizado, já que suas estruturas, não preservadas, estão ressecadas e rígidas.

Além disso, a confiança nos residentes aumenta quando é feito o treinamento em cadaverlab.

  • Táticas Cirúrgicas:

A tática cirúrgica é crucial para o aprendizado de novas técnicas e maneiras de conduzir o procedimento cirúrgico, no momento em que eventualidades ocorrem. Ela pode acontecer por meio da simulação, tanto laparoscópica quanto robótica, e pelo acompanhamento do aluno pelo cirurgião, que vai com ele para o centro cirúrgico, conhecer a tática cirúrgica com precisão.

  • Repetição: Esta técnica segue a linha básica de quanto mais se faz, mais se aprende. Durante o treinamento é necessário repetir todos os passos do procedimento até que se consiga executar o movimento com precisão;
  • Sistematização: A criação da sistematização está centrada na organização do passo a passo para antes da cirurgia. É necessário desenvolver bem etapa por etapa, antes de começar o processo cirúrgico de fato.

A pós-graduação e os cursos de especialização do Instituto Crispi, contribuem para o desenvolvimento dos alunos na educação continuada, principalmente pelo uso do há de mais moderno na tecnologia atual e pelo uso do cadaverlab.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *