E quando a endometriose reflete no nervo?

Muitas vezes os focos de endometriose podem estar próximos ao nervo. Esse fator gera um quadro de dor local e também de dor referida/irradiada, que pode apresentar espasmo distante do local do foco da doença.

Dependendo da importância do nervo, a portadora da doença pode sentir dor ao caminhar, ao fazer xixi, câimbras nos membros inferiores, choque no local e no pior dos casos ficar sem andar.

O procedimento cirúrgico realizado deve ser executado de forma perfeita. Lesões nervosas podem acarretar prejuízo funcional, sensorial ou motor dos órgãos, que por vezes podem ser irreversíveis. A forma mais segura de diagnóstico da doença, segundo a análise do caso, é a Ressonância Magnética por imagem e a análise clínica.

A endometriose é definida como a presença de tecido endometrial (estroma e/ou glândulas) fora da cavidade do útero. Esta doença atinge 10 a 15% de mulheres em idade reprodutiva. Ela pode localizar-se em diversos locais e órgãos, com maior prevalência nas estruturas pélvicas. Porém, existem localizações incomuns da endometriose que devem ser investigadas quando há sintomas que justifiquem a hipótese de lesão nestes órgãos. Os locais mais raros onde a endometriose já foi descrita foram a amígdala, mama, pulmão e o diafragma.

 

A cirurgia da endometriose no nervo é umas mais complexas. Entre em contato e saiba como praticar, com os melhores profissionais, e se torne um excelente cirurgião!

Ligue para: 0800 020 2019

Outras Postagens

Nam dictum pretium nunc, nec suscipit urna lacinia in. Fusce ac congue nibh. Duis ac odio ante. Cras enim ac lacus tincidunt accumsan. Nam placerat urna ut euismod viverra.

Nosso blog