Endometriose no ligamento redondo do útero

A endometriose é a presença de estroma e/ou glândulas de tecido endometrial em locais fora da cavidade uterina. A endometriose localiza-se principalmente em órgãos pélvicos, mas também já foram encontrados em locais diversos como mama, pulmão e fígado. As lesões são encontradas também nos ligamentos pélvicos como os ligamentos Redondos e ligamentos uterossacros. Ainda há muito a esclarecer sobre a importância do acometimento nos ligamentos redondos, que são os ligamentos que ligam o útero a parede anterior da parede pélvica.

As perguntas como a prevalência das lesões nos casos de endometriose e qual o critério para retirada dos ligamentos redondos durante uma cirurgia de endometriose foram aventadas no estudo publicado em 2011 pelo grupo do Instituto Crispi de Cirurgia Minimamente Invasiva.

Foram avaliadas 174 pacientes que submeteram-se a cirurgia citorredutora de endometriose profunda. Os ligamentos redondos das pacientes operadas que aparentavam no inventário cirúrgico estarem espessados, encurtados ou desviados eram incisados. A prevalência de endometriose no ligamento redondo confirmada no histopatológico foi de 13.8%.

O valor preditivo positivo do aspecto macroscópico, ou seja, a probabilidade da avaliação positiva ser confirmada, foi de 83.3%. Portanto, a avaliação e remoção dos ligamentos redondos deve ser rigorosa nas pacientes com endometriose, prevenindo a permanência e dissipação da doença.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *