Endoscopia na coluna vertebral: conheça o procedimento

A endoscopia possui diversas aplicações, sendo um procedimento muito útil para a prática clínica, como a endoscopia ginecológica e até mesmo como forma de tratamento, como a endoscopia na coluna vertebral. A endoscopia na coluna é vista hoje como uma moderna técnica que apresenta benefícios para o paciente e também maior precisão para a cirurgia, podendo até reduzir riscos.

A endoscopia da coluna é uma técnica que vem sendo muito abordada nos últimos tempos; estudos já mostram que essa técnica cirúrgica pode ser menos traumática, com menos morbidade e os mesmos resultados das cirurgias convencionais. Com as cirurgias minimamente invasivas cada vez mais se tornando realidade na prática clínica, a técnica de endoscopia na coluna passou a ser abordada por profissionais por conta das vantagens que apresenta em relação à cirurgia convencional.

O que é a endoscopia na coluna vertebral?

O termo endoscopia se refere à técnica que permite visualizar os órgãos internos de determinada área. As cirurgias realizadas na coluna são tidas como as mais delicadas e que mais têm chances de gerarem algum trauma para o paciente, e a endoscopia na coluna tem se destacado pelos bons resultados.

Essa técnica cirúrgica é usada no tratamento de diversos problemas relacionados com a coluna, e funciona da seguinte forma:

  • O paciente recebe anestesia local e em alguns casos um sedativo (na cirurgia tradicional o paciente recebe anestesia geral apenas), dessa forma ele continua acordado durante o procedimento;
  • O cirurgião realiza uma pequena incisão no paciente e nessa incisão introduz um pequeno e fino tubo (chamado de cânula) até o local que será operado;
  • Através da cânula é passado uma câmera de fibra óptica (de forma parecida como ocorre na laparoscopia). Com esse instrumento o paciente consegue visualizar com maior precisão o problema e as estruturas nervosas do paciente;
  • Através da mesma incisão atravessam os materiais que serão usados durante a cirurgia (todos os materiais são adaptados e especializados para esse procedimento minimamente invasivo);
  • As imagens obtidas por essa câmera são projetadas em um monitor para que o cirurgião possa visualizar a área que está sendo operada.

A endoscopia de coluna vem sendo usada para casos em que o paciente possui hérnias de disco lombar ou cervical e também para alguns casos de estenose. Por se tratar de uma cirurgia minimamente invasiva, a endoscopia de coluna possui diversas vantagens para o quadro clínico do paciente e também para a equipe responsável pela cirurgia. No entanto, essa técnica requer muita atenção e experiência por parte da equipe, conforme vamos mostrar no decorrer do texto.

Quais as vantagens da endoscopia na coluna vertebral

A endoscopia na coluna vertebral proporciona vantagens para o paciente, como:

  • A incisão realizada para a cirurgia é extremamente pequena, sendo menor do que 1 cm;
  • Por conta da menor incisão há um menor trauma e uma menor lesão da área operada, assim também há um menor sangramento durante a cirurgia;
  • Com essa técnica cirúrgica o risco de lesões em estruturas neurológicas e/ou vasos sanguíneos;
  • Menor tempo de recuperação após a cirurgia, além de uma menor dor relatada pelos pacientes;
  • Não há uma idade máxima para a realização da cirurgia nem restrição de condições físicas;
  • Menor tempo de cirurgia, assim o paciente recebe alta no mesmo dia em que é operado caso não haja complicações;
  • Menor taxa de infecção hospitalar quando comparado com a técnica cirúrgica convencional.

O pós-operatório da endoscopia na coluna é bem mais simples do que as cirurgias convencionais na coluna. Logo após o efeito do anestésico passar o paciente já é encaminhado ao quarto, com um pequeno curativo no local da incisão. Em casos onde a cirurgia não teve complicações, ele pode receber alta neste mesmo dia, desde que siga as recomendações necessárias de pós-operatório.

O período de cicatrização também é curto, sendo que em torno de uma semana já é possível tirar os pontos. Embora ele ainda deva seguir recomendações para sua recuperação, ele já pode voltar a viver sua rotina sem grandes complicações.

O que é necessário para um profissional realizar a endoscopia na coluna vertebral?

O procedimento requer equipamentos mais sofisticados e é crucial para a realização dessa técnica cirúrgica que o profissional seja devidamente capacitado.

As cirurgias minimamente invasivas exigem que o cirurgião tenha uma capacitação e especialização para a realização da técnica, pois ela demanda maior precisão e exatidão de movimentos.

Os profissionais da saúde devem se manter constantemente atualizados com as novas técnicas e procedimentos que surgem com o passar dos anos. A endoscopia na coluna é um exemplo disso. Uma ótima forma de se manter atualizado são os cursos de especialização e atualização.

Por conta de todas as vantagens da endoscopia na coluna, o Instituto Crispi está desenvolvendo a 4ª edição de seu curso de Endoscopia da coluna, um curso voltado para cirurgiões com experiência prévia na área e que desejam se atualizar com a nova técnica. No curso o profissional aprende na prática com cadáveres a técnica de endoscopia, recebendo orientações de instrutores especializados.

Acompanhe nosso blog e redes sociais e não perca a data de inscrição que será divulgada em breve! Enquanto isso, confira nossos outros cursos clicando aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Também

Conheça outros artigos publicados pela equipe do Instituto Crispi.

Nosso blog

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *