Saiba como diminuir a dor da endometriose profunda com a eletroestimulação.

Um dos principais sintomas da endometriose profunda é a dor que compromete de forma drástica a qualidade de vida da mulher. Em alguns casos ela pode persistir mesmo após o tratamento cirúrgico e medicamentoso, sendo necessário implementar alguns métodos alternativos e eficazes nos sintomas álgicos como a acupuntura, fisioterapia, exercícios físicos, etc.

Uma tese de mestrado recente publicada por Ticiana Aparecida Alves de Mira avaliou 22 pacientes com endometriose profunda em uso de tratamento hormonal sem melhora da dor pélvica crônica e dispaurenia (dor na relação). As pacientes foram divididas em 02 grupos para realizar o tratamento com TENS (eletroestimulação nervosa transcutânea), procedimento não invasivo realizado por meio de um aparelho portátil que emite estímulos elétricos confortáveis e com propriedades analgésicas.

Cada grupo, no período de 08 semanas, foi exposto a um tipo de eletroestimulação, o primeiro por meio e acupuntura e o segundo por via autoaplicável. Tanto um quanto o outro, independente do tipo de TENS, obteve melhora da dor pélvica e da dispaurenia pela escala visual analogical de dor, e também da qualidade de vida avaliada pelo questionário EHP30, comprovando a eficácia do método.

Fonte: Biblioteca Digital da UNICAMP

 

Veja também a entrevista do Dr. Nucélio Lemos durante o 18º Endometriose e 3º Mioma in Rio, falando sobre o que fazer quando a dor persiste:

http://qa.homemmaquina.com.br/institutocrispi.com.br/tv-endonews-endometriose-in-rio.php

Outras Postagens

Nam dictum pretium nunc, nec suscipit urna lacinia in. Fusce ac congue nibh. Duis ac odio ante. Cras enim ac lacus tincidunt accumsan. Nam placerat urna ut euismod viverra.

Nosso blog